quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Teimosia


Eu te sinto
Eu te venero
Todas a noites
Eu te espero

Sou seu devoto
Sou seu amante
Sou seu escravo perseverante
Eu te suplico
Sim! Eu te rogo
Para o meu âmago, volte logo

Ah, meu amor
Venha me amar
Pois sem você
Nem mesmo sei rezar

Eu te respiro
Eu te admiro
Recordo nossos beijos
E morro num suspiro

Eu te sinto
Eu te venero
Todas a noites
Eu te espero

E todas as noites...

Ainda te quero.

Diogo Marcello





Nenhum comentário:

Postar um comentário